Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2014

dope.

fecha o quarto quando estás só, para não te sentires sozinho. procura nos meandros do coração os resquícios das anestesias que tomaste ao longo da tua amostra de vida. relembra-te sempre do que disseste "o amor é fraqueza". torna-te invisível porque na invisibilidade és imbatível. espreita sempre, não vá o diabo estar de olho. espreita por debaixo da cama, espreita por dentro da paranóia. mas repara: tu não querias estar sozinho e tens medo de estar acompanhado. repara que contradizes o que dizes. senta-te, procura uma posição em que não vomites porque tudo o que engoliste foi o teu passado - e não estamos em condições de perder esse. acende o cigarro mas não deixes que as lágrimas o apaguem. acende o cigarro mas não te queimes quando a fraqueza se apoderar de ti. se procuras uma viagem por minutos, porque não te consomes a ti mesmo? alma envenenada, se te consumisses descansavas eternamente o que mereces. não grites, agora quem fala sou eu. não esperneies, deixa-te ir novam…