Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2011

Portes de la Gloire.

Je ne parle pas française mais si tu veux, je peux tenter essayer.

Quem eu sou, o que era e o que aprendia...
De mais de uma piada não vai passar.
Tudo o que queria, fazia ou escrevia...
Dei por mim e do dinheiro a vida dependia!

As origens de Fama e Amor próprio...
as recheadas filosofias de Vida e Morte...
Parece que foi tudo levado pelo Ópio,
o Amor, o Engenho e Arte e a Sorte!

J'adore la mode, l'argent et les boissons,
Les paysages, l'amour et la tour Eiffel,
Je m'aime moi-même et personne d'autre.

Eu já só me vejo dans les films populairs,
a minha foto cai feita de luzes e néon!
Por onde passo tudo se torna belo rouge,
Para onde vou les portes ouvertes.

Et les portes de la gloire,
Et l'a renommée, la fortune et tout les
Encontrei-as a todas sur le boulevard.
E tu para trás ficas, de mim já só lês.

Comme j’aimerais que tout le monde soit aveugle, tout serait plus facile.

smile.

Imagem
Finge-te Feliz. Agora Finge-te Triste.

A Sorte vem aos que Sorriem.
Não quero Fama nem Sexo,
Só quero Felicidade
Para os Pobres que não sabem Sorrir.

Ama Sempre,Nunca Odeies.
Não Desprezes o que mais Prezas.
Deseja tão só o que podes Ter,
Não Resistas ao Irresistível.

Pretere a Morte à Vida.
Irrita quem te quer Destronar,
Galardoa quem te faz Sorrir.

Torna os teus Clichés Arte,
Mesmo que Horríveis,
Valiosos sempre São.

Eu Amo a minha Vida,
Eu Amo a Arte,
E o meu Amor requer.

É o que não queres Ver,
Que não queres Ouvir, nem Sentir,
Que mais queres Tocar,
Cheiro que nunca vai Fugir.

O meu Paraíso é Perfeito.
O teu Desdenha o Meu.
O desdém é uma coisa horrível mas não te importa.

anatomy of chaos.

Talvez ninguém me tenha amado quando eu era novo.

não me chames caos!
não fales de maturidade, por natureza sou infantil. o mar não é nosso. fala do que não sabes nem a mais certa das ciências, ninguém a consegue aprender. não é de ninguém. os vícios comem-me aos poucos consomem a alma do inocente, esse que da vida nada fez. nós mesmos não somos nossos. a história da minha vida, viver, fazer arte e morrer, o meu coração é meu. eu não sou vosso. se eu quero faço "RAH!", se eu quero tenho direito, nada pertence a ninguém. nem sois vós meus. não se aproximem de mim, afastem-se que estou farto de vocês, é meu direito dizê-lo, cada pertença é um erro. percorro os sete dós, os sete mares, sete pecados. que nada no mundo é meu, que cada posse é um pecado.
continuo na página anterior, o pior de todos, melhor que nada. o que a todos é comum, isso sim é de ninguém. Vida, Morte, Religião e Arte, Pecado, Fama, Demónios e Anjos, Amor e Ódio, tudo é igual. o mar é de todos O mar não é nosso, não é de ninguém. Nós mesmos não s…

Mein Glaube.

“Dein Kampf... war Scheiße.”


Religião e Arte. O momento em que a minha crença chega ao mundo por via da minha esperança transformada em palavras será o momento em que vou começar a trabalhar e fazer as pessoas discernir os Direitos que importam.

Parto da Crença. Toda a gente pode ser o que quer, não importa o dinheiro que têm, nem de onde vêm, tudo o que importa é ter a cabeça no sítio certo. O que é que nos une a nós seres humanos? Duas tão simples palavras que dizemos a quem amamos e a quem odiamos, são duas tão simples palavras como vida e morte unem-nos como iguais sem meio termo. Não importa o que cremos, nem quem amamos, nem o que fazemos, importa que temos o nosso tempo para viver e devemos fazer dele o que queremos. A partir do momento em que temos o direito à vida temos o direito a aproveitar dela. O que se destaca hoje em dia é que as pessoas são atacadas pelas suas ideologias políticas, cor de pele, pelo que gostam, a sua religião, e, hoje em dia, e acima de tudo, pela sua s…

midnight.

Imagem
Compara onde estás com onde queres estar... perde-te.


Eu sou um crente em promissores desejos ardentes.
Como linhas de fumos brancos traçam-me os tectos da ebriedade. Se acredito que tudo se vai realizar, porque não o ambiciono? Quando todos se mataram, eu não me matei.Oh, gasolina!, rastilho do fogo que arde fora de mim.
É o maior purgatório, aquele dos que mais me odeiam. Se odeiam vidas alheias, porque não odeiam as suas? Quando todos se mataram, eu não me matei.Onde está o cúmulo de todos os seus sexuais quereres? É a alma dos que não têm, no coração que mais "odeiam". Se desejam corações, porque não arrancam o próprio? Quando todos se mataram, eu não me matei.Eu escrevi vidas e sonhos, perfeitas obscenidades deste mundo. Como que contos e contos, escritos por mim, conheço-os a todos. Se tudo está escrito, quanto custa ler as próprias vidas? Quando se tornaram realidade, eu matei-me.Onde está o conto de fadas de mentiras, se não no teu intelecto?
Por que me fizeste correr tanto se a…

Scandal n' Media.

Imagem
I speak fluent bitch and I don't lie.


Olá Imprensa, leia esse livro, leia porque é fabuloso. Não gosta? Deixe estar, vou procurar outro agente. O facto é que não me importa se vende ou não. Um livro é um livro. Um livro é um conto de fadas. E não me importa se toda a gente anda atrás de caralho por isto ou aqui, o meu está destinado e o livro não está fodido só por causa das pessoas. É a minha arte e eu faço o que quero com ela!

Não remendes o que não está rasgado.

Olá Imprensa, aqui está outro, parti um recorde. Gosta? Eu não, não é a minha arte e vendi-me porque "curou" a minha arte. Eu acho que o veneno é a minha arte e que as pessoas que gostam de ler mentiras não vão lê-las no meu livro. Eu não minto sobre este mundo. Se o meu ponto de vista do mundo é são e realista, triste e verdadeiro, porque escreveria sobre um mundo perfeito? O amor é perfeito entre pares, eu não posso fazer toda a gente apaixonar-se por mim.

Não cures o que não está doente.
Olá Imprensa, aqui es…

Onore tra Ladri.

"Eternità, Eternità, voglio Immortalità"

Ladrão que rouba ladrão merece cem anos de perdão. Tem sido esse o meu lema. Noites e noites afim, tenho engendrado o maior plano, o roubo do século. Eu vou roubar TUDO. Meses e meses a viver, na ambição de que tudo correrá bem, afinal eu sou um óptimo ladrão, vindo da maior família de ladrões de Itália. Fui eu que roubei o original do quadro de Petronilla, do museu, no outro dia. Fui eu que arrebatei metade da casa de Abelardo. Fui que envenenei Jacopo.

Todos crimes de primeira página, sem uma única pista a não ser os meus imaculados cartões de visita com uma cruz, um T e um F. Não dizem que os maiores crimes têm as suas respostas debaixo do nariz? Ninguém vem em minha procura porque não tenho casa, vivo acolhido na casa de um cego-surdo que nem dá pela minha existência... está à beira da morte e pouco me importa, por essa altura enterro-o e roubo-lhe a identidade para que ninguém saiba quem sou.

Honra entre os ladrões. Que necessida…

die this way.

I WILL DIE THIS WAY
born by sleep from hidden truths, from worlds of pain. 
a morte é incontrariável. é estranho como é mais comum viver que morrer.

eu seguro no planeta da morte com a minha mão coberta de correntes e sangue.

se em ti equivocamente confiei, a ti confiro Morte fera, por todas as mentiras do mundo.

estou a um passo da glória, verdade seja dita. estou a um passo da glória, sem ti.

a minha heroína fez-me perder a mente. a cocaína, por outro lado é uma droga.

I live with the image of their backs turned on me.
YOU WILL DIE THIS WAY
perserved in memory, the darkest, most hideous secrets of my life. 
dois nunca se deviam ter conhecido. três deixou de ser o número que Deus fez.

mais que um coração me trouxe tristeza a mim. o que é que acontece aos corações partidos?

porém, se me divirto a dar morte a quem não gosto, também a mereço e vou aceitá-la.

a arte e a morte vão de mãos dadas. quantos não morreram já por amor?

não importa quem, o que faz ou do que precisa, importa que isto n…

robotic sober.

Imagem
"Nunca é errado amar. É sempre errado odiar."
A história começa quando os sentimentos ainda dormem. Quando não se tem noção do que se pode fazer, por amor, por ódio, pelo simples mentir das coisas. Aprender a mentir a dor e a felicidade... só quero amar, pois só o amor nos pode congratular.

Odes puseram-me em becos escuros e solitários. Ouve-me bem quando digo que nunca vou estar só, quando te digo que já encontrei alguém perfeito, o meu fogo nunca vai congelar, e que o meu coração não é teu. Odeio dizer-te isto, mas comparando contigo, eu preferia foder um robô.

"Quero-te todos os dias, preciso de ti todos os dias", sei perfeitamente quais são as tuas maiores vergonhas, os meus maiores orgulhos. Aquilo que és incapaz de mostrar por não ter.  Como será que me drogaste e me deste um amor psicopata?

Aponta-me a pistola, estás à vontade. Puxa o gatilho, eu estou de braços abertos à espera.  Mas depois vou ser a tua dor a crescer, vou fazer-te enlouquecer a partir da amargura dos teus s…

cannibal.

Imagem
RAH!

Sangue... demasiado sangue. A noite não é fria nem quente, eu não estou em mim, eu não sei o que faço. Estes momentos na minha vida... são os momentos cujo passado e futuro desconheço. Dou por mim a morder, a pôr os dedos para trás como que garras, a arranhar corpos e devorá-los.

É triste? Tudo é triste, eu posso ser mais. Não sei como entro nem como saio deste cenário da gula, só sei que este quarto nada em sangue.

O corpo? Está no chão, era uma prostituta, vendia-se à esquina da igreja... e já não é a primeira. Não me lembro de ter tido sexo com ela, tanto me faz, tanto me fez, eu tenho é FOME. E mordo e rasgo e sugo o seu sangue.

Eu tenho coração, eu juro que tenho... só que por vezes saio de mim mesmo e só volto quando como carne humana.

Eu sou canibal. E cada um é como é. Só por comer os da minha espécie... será que isso me torna menos humano? Será que só os devia comer quando estão mortos? Amar demais leva à loucura, e a loucura à involuntariedade. Delicio-me com os sabo…

unforgiving.

Eu não preciso de crescer muito para me sentir como sou.
Como todos são perfeitos, eu perfeito me considerei.
Se eu considero os outros iguais, porque não serei como eles?
Quando todos se mataram, eu não me matei.Eu sou daquelas pessoas que muitos olham do canto do olho,
Como uma visão, como um herói, como um guardião...
Se eu vivi para ver o nascer de muitos sentimentos, porque não sinto?
Quando todos se mataram, eu não me matei.
Eu sou um fantasma no corredor que recruta os pecadores,
Como que heróis para lutar contra o Bem e o Mal e todas as suas sombras...
Se a culpa é um grande motivador... a redenção é um ainda maior...
Quando todos se mataram, eu não me matei.Eu engulo os corações das almas mais inocentes deste mundo.
Como sou uma maldição, poucos me dão importância.
Se é a minha cruz neste mundo, eu carrego-a com prazer.
Quando todos se tornaram realidade, eu matei-me.Onde está a orla das tuas mais obscuras devoções?
Porque queres tanto matar se a única morte é tua?
Para que foges…

chaotic resistance.

Imagem
I don't need you or your brand new Benz or your bougie friends, I don't need love looking like diamondz, looking like diamondz

pânico. ele está em todo o lado. temo-o por o que faço, por fazê-lo. temo-o por o que não faço, por não o fazer.

mentiras, mentiras, mentiras, que nem bolachas, vi mentiras.
será que o teu segredo está a salvo esta noite? ou será que foi apenas outra mentira?

será que aqui ninguém nos pode ver? ou será que o melhor esconderijo é debaixo dos olhos do inimigo?
como será que o nosso mundo vai cair? será que vão encontrar onde me escondo?
será este o nosso último abraço? ou nem a abraçar-nos chegaremos?

não sejas uma criança, lembra-te do que me disseste. amnésia como escape à realidade, incontrariável.
toda a minha vida me preocupei com quem não devia e agora que começo a pensar, à cabeça vem-me a expressão...
.QUE SE FODA.

sadness hit you like a bullet in your mind.

me too, a lot.

Imagem
A CULTURA POP  NUNCA VAI SER  DE BAIXA QUALIDADE
esta nossa foto é impagável. 
é o meu maior desejo manter o mundo como está,
o meu mais profundo medo - chegar ao futuro sem ti,
perder a felicidade que vivo neste presente:
O verdadeiro amor; a Real fama; a fantástica Arte.
a ti, aos meus e ao que faço,
o meu amor é arte, mas tu és uma obra prima.