Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2015

Vileza

ironia é ter medo da sorte. porque qualquer coisa voltou. porque a desintoxicação, e a reabilitação, nunca compensam. curas que não pensam, mas te pensam. que pesam, fazem pesar nas costas, nos pulmões, no cérebro. toxinas de pântano. venenos. aquele lodo a pingar de cima do teu corpo. uma abóbora pela cabeça, um cavalo preto e uma figura de tamanho igual e forma humana. que merda é que se passou aqui? uma rosa azul de caule negro não é uma vela de manhã. não aqui. fogos-fátuos. memórias de corpos mortos e sangue nas mãos. tinta, lodo, toxina. a paisagem textual não reduz o ambiente de facto. sem riqueza, sem leveza, só vileza.