acordar a meia distância da queda de um sonho.

sob as nuvens de pirilampos eléctricos, a toca do coelho
e o caminho dourado treme no atraso do eco da caveira
"mais que tirar filhos a um pai, cortaram-mos, Salomão".
o céu inocente e irónico, está lá sempre para nos esperar
sem a malícia da floresta que engole, olhar para cima é esperar.
não há mais nenhuma sonata a tocar neste cravo
que vos entrego em soneto depois de vos dizer o que não são.

e sim, era o que merecia, o que não queria ou desejava
mas a roda gira, colhe e traz ao calhas o receio do presente.


nigga, I'm gone, nigga, I'm ghost
brought the touchdown on a whole 'nother coast
jumping off planes, hopping on boats
going to throw it up, then nigga, let's toast

(De um díptico aos meus primeiros alunos)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Interlúnio

Clepsydra

Responsabilidade